Tecnologia do Blogger.

Into The Blue


No dia seguinte do aniversário da Emma, Tiago e eu estouramos os balões e enquanto isso, Emma se interessou por um balão azul, ela descobriu que olhando através daquele balão o mundo ficava de outra cor, ela ficou olhando ao redor e achou tudo realmente interessante. Cada vez que se esbarrava pelo balão ela pegava e saia observando por algum tempo o novo mundo azul.

O mundo da Emma sempre foi muito particular e nós notamos isso desde que ela fez um ano, observamos que ela era uma criança atípica, Emma nunca pronunciou nenhuma palavra e  não mantinha contato visual e as brincadeiras nunca são compartilhadas.

Nós já suspeitávamos que ela poderia entrar no T.E.A. (Transtorno do Espectro Autista), e ficar na duvida é uma angustia muito grande e por indicação de amigos levamos ela em um especialista em T.E.A aqui de Porto Alegre.
Então no dia 28 de fevereiro levamos ela no neuropediatra e ele disse que pelas características da Emma ela entra sim no espectro, mas fechar um diagnostico antes dos 3 anos é difícil, e precisa de uma equipe multidisciplinar para avaliar, e iniciar estímulos com fonoaudióloga e terapia ocupacional. Ja iniciamos.

Com estímulos corretos as chances de a Emma crescer sem ter problemas de interação sociais são grandes, a terapia ajuda ela se autorregulador e entender o mundo por fora do "balão".


Tiago e eu iniciamos uma nova etapa das nossas vidas e nosso maior desafio é entender como a nossa filha enxerga o mundo, queria que fosse fácil como pegar um balão, não é, mas temos certeza que vamos conseguir, e nos esforçar para ser os melhores pais para o nosso pacotinho de amor que se chama Emma! ♥

Nenhum comentário